EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

segunda-feira, 16 de abril de 2012

CHICÃO DE ASSIS : CRIATIVIDADE E SUPERAÇÃO

O artista Plástico Chicão de Assis, que em breve fará dois vernissagens, São Paulo e Alphaville, onde reside.


Fonte: Carlos Romero


De Passagem pelo Tempo

Aos 23 anos,despertou o desejo pela arte em especial a pintura, com uma atração fortíssima pela pintura inveredou- se pelo caminho da leitura para um grande saber sobre a arte, fazendo suas Eprimeiras leituras sobre o Renascimento, o Maneirismo e o Barroco.

Estas leituras levaram Chicão a despertar mais o seu interesse pelos “grandes mestres” como ele mesmo diz. Descobriu Michelangelo, Rafael, Ticiano, Tintoretto, Brueghel,Caravággio, Rubens, Velásquez Rembrandt entre outros.

Determinado a entrar mais fundo neste mundo fantástico, o pintor dedicou-se estudar outros movimentos como o Rococó, Neoclassismo, Romantismo, Impressionismo, Expressionismo,Fauvismo, Cubismo e Abstratismo. Todo este processo de estudos e de contato com livros de arte e História da arte pictórica e seus grandes mestres, foi lento e gradual “explica Chicão”.

Em 1978, aos 40anos, já definitivamente picado pelo bendito vírus da arte, Chicão começou a estudar pintura no ateliê do professor Silva Jr, após um ano de estudos o artista plástico recebe no IV Salão de Belas Artes de Amparo sua primeira “Menção Honrosa”.

A partir daí,Chicão de Assis expôs em vários Salões como: XVI Salão de Artes Plásticas de Embu São Paulo,1979, XVII Salão Limeirense de Artes Contemporânea São Paulo, 1990, VI Talentos– Espaço Cultural Lustres Projetos São Paulo e Atelier Matisse no mesmo ano.

Em 1990, no Rio de Janeiro, o artista plástico ganhou prêmio Medalha de Bronze no XIV Salão Primavera. Em 1991, duas Menções Honrosas, uma no XXVI Salão de Maio e a outra no II Salão Professor Oswaldo Teixeira.

No ano de 1998, recebe Prêmio Fanta no I Salão Oficina de Artes Lar Center São Paulo, e ganhou no mesmo ano a Grande Medalha de Bronze no Salão Marco Island Hilton nos Estados Unidos.

De volta ao Brasil em 1998, o pintor fez sua primeira exposição individual na galeria Planeta das Artes em São Paulo,e passou a integrar como artista Catalogado no Artes Plásticas Brasil de Julio Louzada.

O pintor prepara em seu ateliê em Alphaville, novos quadros para a sua exposição que será daqui dois meses. Em breve enviaremos com antecedência local, dia e hora do vernissage.

Sobre o pintor:

O artista Plástico Chicão de Assis, nordestino de Alagoas, radicado em São Paulo, Alphaville /Barueri, desde menino sonhava com a arte.

Foi em São Paulo, que Chicão chegou à fase adulta imaginando poder ser arquiteto, mas sua situação sócia-econômica da época não o permitia.

Jovem, porém,embora frustrado, preservou em si o sonho de ser artista. Com este sonho fez teatro amador e profissional, cantou nas noites paulistanas, e simultaneamentese preparou para ingressar em uma faculdade onde escolheu a USP como sua meta universitária.

A USP transformou aquela ex- criança nordestina em professor de História por vários anos e desde meados dos anos 70 passou a ser autor de livros didáticos de História para diferentes séries do que hoje chamamos: Ensino Fundamental.

Superação:

Há cinco anos atras o pintor sofre um AVC que o deixa tetraplégico, mas seu intelecto foi preservado talvez pelo amor a arte e como ele mesmo diz: “a pintura é a minha grande fisioterapia para os movimentos das mãos”.

Hoje aos 71 anos, Chicão de Assis, usa seu tempo para pintar em seu ateliê, dar aulas praticas de pintura, aulas teóricas sobre os principais movimentos estéticos na pintura doRenascimento ao Abstracionismo. Sua marca registrada em seus quadros é o abstrato, retratados através de pinceis e tintas importados

Visite o site do artistaplástico: http://www.chicaodeassis.com.br/full.htm











Algumas telas do pinto:

Obra: Composição em Vermelho, Amarelo e Azul


Obra: Lembranças do Cursinho


Nenhum comentário:

Postar um comentário